ÚLTIMAS NOTÍCIAS


11/08/2017

Documentário aborda os 200 anos da música em Araraquara

Lançamento do trabalho do educador Beto Oliveira será realizado na próxima terça no no Palacete Esplanada das Rosas



 

 

O documentário ‘Araraquara 200 anos - Nossa música, Nossa gente’, retrata em uma obra inédita, um pouco da história musical de Araraquara e seus compositores. A Morada do Solsempre foi reconhecida como uma cidade de grandes talentos presentes no cenário nacional e internacional. Esse projeto tem como grande objetivo reunir as diversas linguagens e composições, muitas vezes perdidas ao longo do tempo e a valorização dos artistas locais e suas obras.

Em depoimentos colhidos com esses artistas, eles contam um pouco da sua formação e trajetória musical.Também, dentro desse projeto, serão exibidos as trilhas musicais preferidas de cada artista e seus videoclips. Esse processo também contempla uma homenagem a um dos nomes mais lembrados da nossa música local: o Maestro José Tescari.

Esse documentário foi promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e FUNDART, no intuito de reviver e preservar a memória de nossa cidade, em um momento tão importante de comemorações. Do jazz ao rock, seguindo pelas trilhas cinematográficas e o samba, participam compositores e musicistas como Carrapicho Rangel, Teroca Zé Henrique Martiniano, Américo Borges, entre outros. O lançamento será realizado no dia 15 de agosto, no Palacete Esplanada das Rosas, as 20 horas.

Sobre Beto Oliveira

Beto Oliveira trabalha com percussão brasileira e educação musical há mais de 20 anos. Nascido e criado em Araraquara, começou sua carreira musical junto ao seu pai com bandas de baile, no ano de 2001, integrou a coordenação da área de percussão das Oficinas Culturais Municipais. No ano de 2002, passou a fazer parte da Orquestra Filarmônica Experimental Uniara, na qual trabalhou por 15 anos.

Passou por workshops e aulas com grandes mestres da música brasileira como Naná Vasconcelos, Miltinho Brito, Ari Colares, Eder o Rocha, entre outros. No ano de 2009, iniciou uma série de intercâmbios com Guiné Bissau, realizando até o ano de 2017 seis edições da Semana de Música Brasileira em Guiné Bissau, na qual geraram a produção de dois documentários: "Guiné Bissau - Nação Irmã (2009)" e "5 Semana de Música Brasileira em Guiné Bissau(2013)".

No ano de 2015, se mudou para a cidade de Pompano Beach (EUA), para aprimoramento dos estudos e troca cultural com outras nacionalidades. Atualmente trabalha no Natural Music Studio como produtor musical, em Piracicaba e ministra aulas individuais e em grupos na cidade de Araraquara, Américo Brasiliense e Piracicaba. Também é integrante do Grupo Cantoá (música regional brasileira).

Imprimir está pagina
« Voltar




Veja também

23/08/2017

Duo Glacial é homenageado em prêmio de música caipira


22/08/2017

Hoje tem Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto em homenagem aos 200 anos


19/08/2017

Ekena, Beatles Again e João Violante agitam o domingo na Facira


18/08/2017

Música gospel na Facira: tem Cristina Mel na segunda-feira (21)


18/08/2017

Grupos Seresteiros se apresenta com convidados na Seresta


18/08/2017

Moradores de Araraquara podem ganhar ingresso para cinema no Iguatemi


Com mais de 86 anos de tradição informando Araraquara e região!

SIGA-NOS

Copyright Jornal O imparcial 2016. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Jornal O imparcial Araraquara


by Webcaipira