ÚLTIMAS NOTÍCIAS


11/10/2017

Bens bloqueados

Bens bloqueados
O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou ontem (11) o bloqueio de bens da ex-presidente Dilma Rousseff por causa de prejuízos causados na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela Petrobras. Também foram bloqueados os bens do ex-ministro Antonio Palocci e do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, que integravam o Conselho de Administração da estatal na época da negociação.
Os bens ficarão bloqueados por um ano. Segundo o TCU, a medida deverá alcançar os bens considerados necessários para garantir o integral ressarcimento do débito em apuração, ressalvados os bens financeiros necessários às suas subsistências, inclusive tratamentos de saúde, e dos familiares deles dependentes. Dilma, Palocci e Gabrielli ainda podem recorrer da decisão.

Recibos de Lula
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou ontem (11) à Justiça Federal no Paraná ter os recibos originais que comprovam o pagamento de aluguel de um apartamento vizinho ao que mora o ex-presidente, em São Bernardo do Campo. Em petição protocolada ontem, os advogados de Lula pedem que o juiz Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos decorrentes da Operação Lava Jato na primeira instância, marque uma “audiência formal” para entrega dos documentos com a presença de perito.

Insulina análoga
A partir do começo de 2018, unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) distribuirão doses de insulina análoga, um medicamento mais moderno e de efeito mais rápido, a 100 mil crianças com diabetes mellitus do tipo 1. A substância será armazenada em uma embalagem em formato de caneta, o que deverá facilitar o manuseio durante a aplicação, o reúso do recipiente e seu transporte. O anúncio foi feito pelo governo federal.

Nuzman renuncia ao COB
O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, renunciou ao cargo nessa quarta-feira (11), durante assembleia extraordinária realizada pela entidade. A carta de renúncia foi lida pelo advogado de Nuzman, Sergio Mazzillo, durante a assembleia do COB.
Nuzman afirmou que vai se dedicar integralmente ao exercício de seu direito de defesa. "Reitero a minha completa exoneração de qualquer responsabilidade pelos atos a mim injustamente imputados, os quais serão devidamente combatidos pelos meios legais adequados", disse o ex-presidente do COB no texto lido pelo advogado. Ele estava na presidência do COB há cerca de 22 anos.

Imprimir está pagina
« Voltar




Veja também

16/10/2017

Forças ocultas


14/10/2017

48 horas


11/10/2017

Bens bloqueados


11/10/2017

Catalunha independente


10/10/2017

Mais palhaçada


07/10/2017

Fim da greve dos Correios!


Com mais de 86 anos de tradição informando Araraquara e região!

SIGA-NOS

Copyright Jornal O imparcial 2016. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Jornal O imparcial Araraquara


by Webcaipira