ÚLTIMAS NOTÍCIAS


13/07/2017

Pornografia infantil

Pornografia infantil
Um funcionário da Fundação Casa foi preso em flagrante nessa quinta-feira (13) pela Polícia Federal sob a suspeita de compartilhar pornografia infantil na internet. As investigações da PF apontaram que o homem fez download de 98.625 arquivos com cenas de sexo explícito de crianças e adolescentes de agosto de 2016 para cá — média de 294 conteúdos baixados por dia.

Passou
O presidente Michel Temer sancionou ontem (13), sem vetos, a reforma trabalhista, intitulada Lei de Modernização Trabalhista, em evento no Palácio do Planalto. Ela deve entrar bem vigor 120 depois de sua publicação no Diário Oficial da União.
Diante de uma plateia repleta de ministros e parlamentares, Temer disse que ninguém teve a ousadia de fazer a reforma que, segundo ele, preserva os direitos dos trabalhadores.
“Esse projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”, disse.

Interditado
A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), responsável pelos processos da Operação Lava Jato, julgará em segunda instância o processo que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os desembargadores, sediados em Porto Alegre, têm levado em média um ano para julgar os casos da operação.
Se for condenado em segunda instância até 15 de agosto do ano que vem, quando se encerra o prazo para registro de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lula não poderá concorrer a cargo eletivo. Isso porque a sentença de Moro prevê que Lula fique interditado para o exercício de cargo ou função pública por 19 anos, caso a decisão seja confirmada pelos desembargadores. Aliados do ex-presidente têm afirmado que a decisão tem como objetivo inviabilizar sua candidatura à presidência da República em 2018.

‘Tô no jogo’
Lideranças do PT e de movimentos sociais marcaram para o próximo dia 20 de julho uma série de mobilizações nacionais contra a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Nessa quarta-feira (12), o juiz Sergio Moro condenou o petista pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter se beneficiado de um tríplex em Guarujá (SP).
Na manhã de ontem (13), Lula, que irá recorrer da sentença em liberdade, afirmou que é pré-candidato do partido à Presidência da República em 2018. “Se pensam que com essa sentença estou fora do jogo, podem saber que eu tô no jogo”, afirmou Lula.

Malas de dinheiro
O doleiro Lúcio Funaro afirmou à Polícia Federal que fez várias viagens a Salvador para entregar malas de dinheiro diretamente ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). Segundo o relatório policial que contém a oitiva feita na sexta (7), "o declarante [Funaro] fez várias viagens em seu avião ou em voos fretados, para entregar malas de dinheiro para Geddel Vieira Lima, que essas entregas eram feitas na sala VIP do hangar Aerostar localizado no aeroporto de Salvador (BA), diretamente nas mãos de Geddel". Funaro disse também que fez duas viagens para praias do Nordeste em que realizou "paradas rápidas em Salvador (BA), para entregar malas ou sacolas de dinheiro para Geddel".

Parar de fingir
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, defendeu ontem (13) a adoção de biometria em todas as unidades de saúde e de um "padrão de produtividade" para fiscalizar o trabalho de profissionais que atuam no SUS, em especial os médicos. "Vamos parar de fingir que pagamos o médico e o médico tem que parar de fingir que trabalha", disse. "A biometria do funcionário vai permitir que essas pessoas cumpram o contrato que fizeram com o poder público", afirmou.

Imprimir está pagina
« Voltar




Veja também

21/09/2017

Errata


20/09/2017

Denúncia continua


19/09/2017

Fim do mundo


18/09/2017

Liniker no Rock in Rio


16/09/2017

Organização criminosa


15/09/2017

Covardia?


Com mais de 86 anos de tradição informando Araraquara e região!

SIGA-NOS

Copyright Jornal O imparcial 2016. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Jornal O imparcial Araraquara


by Webcaipira